Degustação:

Resultado de imagem para wine tasting

O vinho tem a capacidade de apresentar tantas nuances e diferentes tipos de sensações em nós, seres mortais e amantes do desconhecido. Penetrar neste mundo é algo fascinante, de inesgotáveis possibilidades de aprendizado.

A degustação é a forma mais simples e direta para o conhecimento sobre o assunto e também a mais instigante, já que quando degustamos exercemos a função de juízes sem toga, cujo julgamento nada prejudica, indicando apenas nossas preferências pessoais naquele momento, além do atual estágio do vinho. Também instiga nossos sentidos e nossa capacidade de interpretar aromas, texturas e sabores de forma comparativa. Eis algumas possibilidades de degustações:

 

DEGUSTAÇÃO ÀS CEGAS

      cegasNeste formato  o degustador não tem conhecimento prévio sobre o que vai degustar. Serve para tirar suas próprias conclusões sobre a bebida. Não permite influências do nome do vinho ou da fama do produtor. É utilizada em diversos momentos, principalmente quando se trata de evento profissional, como um campeonato de sommeliers. Em outro momento serve para identificar características de uma determinada região e determinar o melhor exemplar da degustação. É uma forma de desvendar particularidades de produtos novos. Nesta modalidade as garrafas são encobertas com papel alumínio ou plástico intransponível.

DEGUSTAÇÃO VERTICAL

      Vertical é a degustação onde se aprecia o mesmo rótulo de safras diferentes. Isto sverticalignifica que o local, as uvas, as condições de vinificação podem ser os mesmos, porém há um espaço de tempo entre as duas safras. Serve para mostrar a capacidade e a forma de evolução dos vinhos daquela região. Mostra também as diferenças de clima entre os anos mostrando o que distingue um do outro em termos de qualidade. É uma degustação gostosa de fazer, repleta de autoconhecimento.

 

DEGUSTAÇÃO HORIZONTAL

 

     Ao contráriohorizontal da vertical, a horizontal é o formato onde se degusta vários rótulos da mesma safra. Diversos locais de produção podem entrar nesta prova desde que tenha algum propósito ou tema definido como a mesma uva vinificada em locais diferentes, o mesmo enólogo ou até a mesma latitude em países diferentes. O importante é que o “horizonte” sejam uvas vinificadas no mesmo ano.

 

 

DEGUSTAÇÃO TEMÁTICA

Aqui os temas são indegustacaoesgotáveis e as possibilidades de degustação são amplas, principalmente para experimentos comparativos. Alguns exemplos: Vinhos do Novo e do Velho Mundo. Diversos vinhos harmonizados com um só prato; Vinhos do Dão com leitões da Bairrada em Portugal (compatibilização regional). Mesmo produtor em diversos países; mesma uva em diversos “terrois”. Mesmo vinho com madeira e sem madeira. E assim, até o limite da imaginação.

 

Acir Valença

acirEntendendo o Vinhoaprendizado,aroma,cegas,degustação,degustação horizontal,degustação vertical,gosto,vinhos,visual.
 Degustação: O vinho tem a capacidade de apresentar tantas nuances e diferentes tipos de sensações em nós, seres mortais e amantes do desconhecido. Penetrar neste mundo é algo fascinante, de inesgotáveis possibilidades de aprendizado. A degustação é a forma mais simples e direta para o conhecimento sobre o assunto e também...

Em 1980 um parente mostrou-me uma novidade no Brasil. A chegada dos famosos (e docinhos) vinhos alemães. Foi meu ponto de partida. Compramos algumas caixas destes vinhos e contratamos um Stand na Feira UD no Parque Anhembi, em São Paulo. Usamos o método da degustação para atrair o publico que ainda não conhecia a figura do vinho. Com o sucesso nos convencemos que teríamos o vinho em nossas vidas como fonte de trabalho. Com o tempo fiquei só na empreitada. Novos horizontes e novos vinhos foram surgindo em minha vida. Estudei e degustei muito e faço isso até hoje. O que mais gosto de fazer ainda é passar conhecimentos a quem deseja incluir a cultura do Vinho em suas existências. Fui lojista, consultor e palestrante, sempre com o Vinho, neste percurso sem nunca tive um só arrependimento. Encanta-me ver os olhos dos amigos que tiveram sua entronização neste mundo passando por minha contribuição através dos conhecimentos que adquiri. Cursei Direito na Universidade Estadual de Londrina, fiz muitos cursos sobre vinhos, dentro e fora do Brasil e fundei a ABS-NP - Associação Brasileira de Sommeliers Norte do Paraná, sub sede da ABS-SP. Hoje continuo com o entusiasmo de sempre passando conhecimentos e a cultura do vinho para as pessoas que têm um olhar carinhoso para o assunto. Sigam-me neste site e vejam o conteúdo que espero seja útil a todos. Abraço Acir Valença