Amigos, vinhos e comida.    

     402751_bokal_vino_krasnoe_vinograd_grozd_syr_lomot_nozh_s_5259x3944_www-gde-fon-com

O vinho foi feito para ser bebido em companhia. Pode ser de pessoas  como amigos, namorada, filhos, clientes ou convidados especiais. Hoje vamos falar de outra companhia: A COMIDA

No almoço ou  jantar o vinho é sempre um aliado que contribui para o sucesso ou fracasso de uma refeição. Você tanto  pode escolher os vinhos e ajustar a refeição ou escolher os pratos e ajusta-los aos vinhos.

Em minha vida já participei de  muitos encontros onde vinho e comida andaram juntos, assim como observei  de perto alguns desencontros eno-gastronômicos. Sendo assim, escrevo abaixo algumas conselhos que podem ajudar na organização de  uma refeição acompanhada de vinhos. Organizar o evento com antecedência pode determinar o sucesso do encontro.

Planejando um jantar:

  • Defina quantas pessoas serão convidadas;
  • Uma garrafa de vinho serve de 2 a 3 pessoas. Então calcule quantas garrafas vai precisar;
  • Tendo este número compre uma garrafa extra de reserva;
  • Escolha se  vai servir um só vinho ou uma sequência deles, para um jantar mais elaborado;
  • Se for servir a sequência use esta lista ou elimine o que achar excessivo:
  1. Para o aperitivo:               Espumante ou Porto Branco com gelo.
  2. Para a entrada:                 Vinho Branco.
  3. Para o primeiro Prato:   Vinho Tinto leve.
  4. Para o segundo Prato:   Vinho Tinto encorpado.
  5. Para a sobremesa :        Vinho licoroso, do Porto, Cognac ou Grapa.
  • Selecione vinhos que você já conhece ou que tenha sido  bem recomendado;
  • Verifique a combinação com o prato que vai servir e ajuste se necessário (use o critério do peso: prato leve (macarrão, risoto) sirva um vinho leve; prato forte (carne de panela ou com bom teor de gordura) sirva um vinho encorpado;
  • Anote a lista de vinhos em uma folha de papel (todos se esquecem disso);
  • Compre em uma boa loja do ramo onde haja alguém que conheça o assunto para te indicar vinhos de boa relação preço qualidade.

Tendo uma boa seleção de vinhos. Vamos ao jantar.

    Preparando a mesa:

  • Disponha os vinhos em lugar fácil, próximo à mesa;
  • Ao lado, um bom saca rolhas;
  • Lembre-se que a temperatura de serviço é fundamental: Espumante (6º a 8º), Branco (10º a 12º) e tinto (16º a 18°);
  • Disponibilize água com e sem gás e  copos para água;
  • Lembre-se das taças para o vinho tinto (maior) e vinho branco (menor);
  • Se não tiver taças NÃO sirva vinho. Não precisa ser de cristal. As de vidro também servem desde que sejam para vinho.

Pronto! Convidados à mesa, conversa animada, mas a sua parte ainda não acabou.

Servindo o jantar :

wine-823619_1280arranjo de wineglasses vazios

  • Abra e prove todos os vinhos antes de servir aos convidados. Caso perceba algo estranho, abra outra garrafa;
  • Sirva o vinho até 1/3 da taça;
  • Evite a misturar destilados com vinhos (uísque, vodca, tequila);
  • Evite o amendoim e castanha de caju. A combinação é difícil. Outros alimentos ardilosos para o vinho: Alcachofras,  aspargos e alcaparras;
  •  Só fale sobre o vinho que está tomando se souber algo sobre ele;
  • Não é obrigatório comentar o vinho só por que o está tomando;
  • Evite entrar para o clube dos “enochatos”. Limite-se ao “gostei” ou “muito bom” e converse sobre outro assunto;
  • Não beba demais. Mantenha os convidados bem servidos e alegres.

 

AGORA SIM. SIRVA A COMIDA, O SEU VINHO, FAÇA UM BRINDE E SORRIA!

 

Acir Valença

acirEntendendo o Vinhoamigos,branco,comida,Degustação. alegria,espumante,gastronomia,jantar,tinto,vinhos
Amigos, vinhos e comida.           O vinho foi feito para ser bebido em companhia. Pode ser de pessoas  como amigos, namorada, filhos, clientes ou convidados especiais. Hoje vamos falar de outra companhia: A COMIDA No almoço ou  jantar o vinho é sempre um aliado que contribui para o sucesso ou...

Em 1980 um parente mostrou-me uma novidade no Brasil. A chegada dos famosos (e docinhos) vinhos alemães. Foi meu ponto de partida. Compramos algumas caixas destes vinhos e contratamos um Stand na Feira UD no Parque Anhembi, em São Paulo. Usamos o método da degustação para atrair o publico que ainda não conhecia a figura do vinho. Com o sucesso nos convencemos que teríamos o vinho em nossas vidas como fonte de trabalho. Com o tempo fiquei só na empreitada. Novos horizontes e novos vinhos foram surgindo em minha vida. Estudei e degustei muito e faço isso até hoje. O que mais gosto de fazer ainda é passar conhecimentos a quem deseja incluir a cultura do Vinho em suas existências.
Fui lojista, consultor e palestrante, sempre com o Vinho, neste percurso sem nunca tive um só arrependimento. Encanta-me ver os olhos dos amigos que tiveram sua entronização neste mundo passando por minha contribuição através dos conhecimentos que adquiri.
Cursei Direito na Universidade Estadual de Londrina, fiz muitos cursos sobre vinhos, dentro e fora do Brasil e fundei a ABS-NP – Associação Brasileira de Sommeliers Norte do Paraná, sub sede da ABS-SP.
Hoje continuo com o entusiasmo de sempre passando conhecimentos e a cultura do vinho para as pessoas que têm um olhar carinhoso para o assunto. Sigam-me neste site e vejam o conteúdo que espero seja útil a todos.
Abraço
Acir Valença